<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d14023698\x26blogName\x3dWellenbereich+Muzik+Manifesto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/\x26vt\x3d5382164840900965426', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quarta-feira, abril 26, 2006

The Birthday Massacre - uma surpresa no feminino


The Birthday Massacre. Já conheço esta banda há algum tempo mas nunca prestei muita atenção. Resolvi agora ouvir com mais paciência. Confesso que quando reparei que era uma banda com uma frontwoman, desliguei logo. E eu que adorava bandas com estas configurações. No início eram ToT, Within Temptation, theGathering, e pouco mais. Ah, lembro-me também dos saudosos Poetry od Shadows ou Isiphilon! ;) Depois pegou moda e toooda a gente tinha que ter uma lady nos vocals. A partir de Lacuna Coil desliguei. Apesar de gostar em geral das femmes cantantes, o conceito tornara-se banal... Evanescence veio abrir algumas portas comerciais às bandas já existentes, como por exemplo Within Temptation ou até Nightwish. Mas de Evanescence "só vale a pena" a Amy Lee ;p

Dos The Birthday Massacre consigo ouvir o som que fazem. Muito parecido com Type O Negative (aqueles synths à lá Josh Silver e algumas guitarras) e com uma voz quente fazem boas músicas. Lembram-me também outras bandas goth, como London After Midnight ou Deep Red. Mas valem pelo que valem, não são nada de transcendente! E têm boa produção sonora. A música Horror Show, que andava por aí num blog de uma bracarense ;) foi a que me despertou para ouvir esta banda com mais atenção. É uma boa apresentação da banda :)

site 1
site 2

\\Wellen

1 Comments:

At 22:16, Anonymous Leka said...

realmente essa banda eh muito boa! ;D

   

Enviar um comentário

<< Home