<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d14023698\x26blogName\x3dWellenbereich+Muzik+Manifesto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/\x26vt\x3d5382164840900965426', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

segunda-feira, dezembro 19, 2005

(un)happy hollidays



Já me conheci a gostar do Natal... Agora quase que o abomino. Muitas variáveis fazem-me pensar e sentir assim... Apenas uma me faz lutar contra o sentimento de total repugnância pela "festa": a minha família mais próxima, em especial, a minha filha. A ela dedico a vida e a vontade de ser diferente, portanto, encarar de forma diferente o Natal. Natal para mim é só pelas crianças e a dádiva de presentes a elas. O Natal vale pelos seus sorrisos, sejam elas nossas ou dos outros; porque a elas deve ser dada toda a alegria.

Nesta quadra festiva (Festa?? Já assisti a funerais mais interessantes!) é a altura do ano onde há mais falsidade e hipocrisia! Trocam-se presentes por puro interesse, e até desdém. Isto sim é o verdadeiro espírito de Natal. Para alguns é uma "época sagrada", mas durante o resto do ano... Enfim. Podia aqui dissertar sobre este espírito de Natal contemporâneo e capitalista, mas acho que toda a gente sabe, e até sente na pele, daquilo que estou a falar....


Um desabafo natalício, e votos de festas infelizes para alguns (sim, outrora fui bonzinho, mas não compensa)...

A música? Sally's Song do fantástico A Nightmare Before Christmas!

~Wellen

ps. Se me quiserem desejar "Boas Festas", não me lembrem que é Natal. Provoquem sorrisos naquelas crianças sem abrigo sentimental. É aí que está o Natal.

1 Comments:

At 12:25, Blogger Ana said...

Tens razão... sem crianças o Natal não tem piada!!
É só mesmo delas... eu... já deixei de ter espírito!

   

Enviar um comentário

<< Home