<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d14023698\x26blogName\x3dWellenbereich+Muzik+Manifesto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/\x26vt\x3d5382164840900965426', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, julho 14, 2006

o meu primeiro CD


Comprei o meu primeiro CD em 1994. O disco em causa é o The Division Bell, o último álbum de originais dos Pink Floyd. E foi o meu primeiro CD por várias razões. Na altura o CD foi muito anunciado na rádio (especialmente a RFM, que era a que eu ouvia; eu sei que na altura era um pouco limitado em relação à música... ainda bem que mudei :p), passavam muitas outras músicas dos Pink Floyd (como a Money e a Time, que eu adorava) e eu comecei a gostar da banda. O meu irmão tinha o 2Vinil do The Delicate Sound of Thunder que eu ouvia com muita fome mais um primo meu. O CD saiu e lá fui comprá-lo. Lembro-me que foi em Oliveira de Azeméis, no Shopping Raínha, e que custou 3.600$00 (carote!). Ainda sei estes detalhes precisamente porque foi o meu primeiro CD :) Desde essa altura que os Pink Floyd são a minha banda rock preferida. Ouvi-os em muitas alturas da minha vida, em momentos bons e em maus momentos também. Este não é o melhor álbum dos Pink Floyd, seguramente. Mas para mim é o melhor, porque ouvi-o bastante no tempo certo, ou seja, quando saiu, e aprendi a gostar de forma individual e pessoal cada uma das músicas.

Gosto de todas as músicas, mas "claro" que a minha música preferida do The Division Bell é a Wearing the Inside Out, a música mais deprimente do disco. E é a minha música preferida do álbum desde sempre. Na altura desconhecia a minha "queda" para a música depressiva (que classificação foleira, mas enfim), já gostava do género... pelo menos do que me chegava aos ouvidos e que era do mais ou menos do género :)
Esta música Wearing the Inside Out não é cantada pelo Gilmour, o vocalista da banda, depois do Syd Barret, mas sim pelo teclista Richard Wright. E é uma das duas músicas que nunca foi tocada ao vivo pela banda!

A capa é fantástica, o artwork também, e o CD tem na caixa um detalhe fantástico. Na caixa tem uma gravação em braile que diz "Pink Floyd". Nunca mais apanhei um CD com um detalhe deste género! Quando a minha caixa partiu um canto, fiquei triste como a noite (já não estava "imaculada" :( :p)

Este post surge da convergência de diversos factores: nos blogs que vou visitando está-se a falar um pouco de Pink Floyd, o lançamento do DVD Pulse (a adquirir este fim de semana como minha prenda de aniversário!) e a morte :'( do ícone e fundador Syd Barret, e também o meu recente download da net deste fantástico álbum, que ando a ouvir outra vez agora :P

Na altura do lançamento a banda fez uma tour gigantesca, que passou por Portugal. Costumo dizer que tenho 3 concertos da minha vida: VNV Nation (que perdi descaradamente a oportunidade de os ver no HC/Gaia, já com bilhete e tudo mas também com 39,5 de febre na noite do espectáculo... a febre levou a melhor sobre o bilhete :( ), The Fields of the Nephilim e, claro, Pink Floyd. Este claro que é incomparável aos outros dois... Não os vi em 1994, mas tenho uma recordação: ganhei na RFM uma camisola do álbum :p (pergunta: qual o primeiro single do álbum? resposta: Keep Talking) Depois do Live8 veio a confirmação e a desilusão. A banda não se vai reunir nem realizar futuras tours (os anos pesam!). Resta-me ficar pelo 2DVD The Pulse! Ah, os concertos deste DVD já não é material novo para mim. Passou na RTP em 1994 ou 1995, e eu vi e revi, pois na altura gravei em VHS :p Até o "transferi" para uma K7 audio! Mas é um excelente documento! Ah outra vez! EU QUERO A CAIXA ESPECIAL Shine On (que fantástica peça de colecção)! Já estive com uma na mão, mas quando me decidi a comprar, e como é uma edição especial, já não havia/existe! Ninguém que a tem a quer vender aqui ao je??

Maravilhoso este álbum! Ah, e que recordações :)

download The Division Bell

Haveria muito a dizer sobre The Division Bell [2]


ps.: agora que estou a ouvir outra vez este disco até estou a bater mal! Já me esquecia do quão bom é este CD! E já lá vão 12 (!!!) anos desde a primeira vez que o ouvi! Foi com este CD que "acordei" para a música... para nunca mais "adormecer"!

6 Comments:

At 22:09, Blogger Sérgio said...

Acho que o meu primeiro CD foi o Pornography dos The Cure, em 1991. Acho... porque a minha memória já não é a mesma lol

   
At 01:00, Blogger Vampirella said...

O meu foi o Henry's dream do Nick Cave.

   
At 17:33, Blogger calamity jane said...

Desculpa lá intrometer-me, mas eu tenho que te dizer isto:
http://nadacomorealmente.blogspot.com/2006/06/e-como-j-no-h-cu-pra-tanta-mama.html

   
At 17:35, Blogger calamity jane said...

ah! é verdade: estás "perdoado"... pq se o teu primeiro disco foi em 94... és de facto muito novo! (espero q ñ me leves a mal a "provocação". É sem ponta de paternalismo!)

   
At 17:41, Blogger Wellen said...

perdoado? nem percebi bem o propósito do teu link/comment. enfim...

   
At 00:15, Blogger enlloc said...

falar do pink floyd é falar do rock , não há palavras que descrevam o significado de PINK FLOYD pro rock , nós do enlloc tambem sentiremos saudades de syd barrett .

   

Enviar um comentário

<< Home