<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d14023698\x26blogName\x3dWellenbereich+Muzik+Manifesto\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://wellenbereich.blogspot.com/\x26vt\x3d5382164840900965426', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

domingo, dezembro 17, 2006

First impressions of the Fest


Acabadinho de acordar, e ainda a ressacar a cerveja toda de ontem, a minha primeira impressão do HollowFest é bastante positiva. Mas vamos por partes...

Reaper: Deram um concerto e pêras. Intenso, emocionante, poderoso, são só alguns dos adjectivos que encontro para este concerto. Ainda estava pouca gente no Hard Club, mas o Vasi conseguiu pôr todos a dançar.

Kiew: Foi a surpresa da noite. Não sendo um apreciador nato deste tipo de sonoridade, os Kiew conseguiram uma performance, tanto a nivel musical, como visual, excelente. Fiquei com vontade de conhecer melhor o trabalho da banda.

Soman: Mais um concerto competente. Parecido com o que já tinha dado aquando da abertura para os VNV Nation, também aqui no Hard Club. A sala já estava mais composta e era impossível permanecer quieto perante tamanha descarga sónica.

Frozen Plasma: Foram uma semi-desilusão. Talvez as minhas expectativas fossem demasiado elevadas, mas soube a pouco a prestação deles. Apenas 45 minutos para a banda cabeça de cartaz é muito pouco. Deve ter havido qualquer problema organizativo, pois antes do concerto o Vasi disse-nos que ia tocar praticamente o álbum todo. Os 45 minutos que tocaram, no entanto, foram bons e ainda deu tempo para ouvir os hits Warmongers, A Generation of the Lost, Hipocryte e Irony.

Depois dos concertos seguiu-se a after party. Com 2 pistas, uma mais virada para o goth, a outra para o electro, deu para aliviar um pouco o stress da semana. Pena que tivesse que ir embora às 4 da manhã, mas o caminho para casa ainda era bastante longo...

1 Comments:

At 12:25, Blogger Luis Baptista said...

Pois, se queres que te diga, Kiew era tbem a minha esperança para melhores da noite e parece que as conclusões convergem.

   

Enviar um comentário

<< Home